Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

russomanias

russomanias

Calma aí... mais devagar!...

Tem sido mesmo muito interessante acompanhar a forma como Passos Coelho e a mais que garantida futura presidenta do CDS, Assunção Cristas, vêm seguindo a caminhada de António Costa e do actual governo. Eles têm perfeita consciência que o governo está de pedra e cal e não vai cair assim tão cedo, dando os dois uma no cravo e outra na ferradura quanto às verdadeiras intenções dos "compagnos de route" do Partido Socialista. É claro que vontade de atirar com o Costa ao tapete não lhes falta, jogando os dois porfiadamente na divisão entre o Bloco de Esquerda e o PCP, nomeadamente com a ideia, que diariamente propalam nos seus jornais e TV's, que a sabidola Catarina é uma pequena beldade queridinha e esperta, enquanto que o Jerónimo, aquele empedernido comunista, não passa de um mausoléu em decomposição. O objectivo é claro e perceptível, pois uma possível profunda incompatibilidade entre os dois partidos, BEPCP, atiraria rapidamente, mais tarde ou mais cedo, com Costa e o PS às cordas e arrumaria com o governo por KO!...

 

Mas será que o BE e o PCP vão facilitar a vida ao PSD e ao CDS e vão entrar infantilmente no joguinho deles, deixando o "passarinho" escapar, sem possibilidades de um tão breve quanto auspicioso retorno? Quanto ao PCP, tudo aponta que não, sendo antes de admitir que esteja já é a preparar umas tão breves quanto mais que necessárias respostas a nível de umas comprometidas e proletárias "carinhas larocas" que possam equilibrar, ou até ofuscar, as espevitadas e acertivas "beldades" do BE. Será que as últimas "cenas" que se têm repetidamente visto de a jovem e "esbelta" deputada do PCP Rita Rato acompanhar de perto as parlamentares e heroicas passadas do grande "chefe" Jerónimo quererão quanto a isto dizer alguma coisa? Ora, toda a gente sabe que no PCP nada acontece por acaso. Quanto ao engalanado Bloco de Esquerda, o perigo real virá certamente do deslumbramento ocasionado pelo facto de os seus principais dirigentes serem maioritariamente ainda jovens, constituirem já, mesmo assim, a terceira força no Parlamento e a possibilidade de um dia poderem aceder, finalmente, ao sempre almejado "cadeirão" do poder. E as enrascadas do BE nascerão precisamente daqui, como se pôde ver pela infantil emissão do famoso cartaz "Jesus também tinha dois pais", cujo lançamento num país como Portugal, maioritariamente católico, só poderia dar zebra, como efectivamente deu. Contudo, Catarina, a Grande, esperta como é, logo deu a mão à palmatoria e reconheceu o "erro".

 

Não é de esperar, pois, que o actual Governo PS, com "compinchas" tão avisados, comece já assim a "tremer" tão cedo, pelo que, meus queridos "cataventos" Passos Coelho e Assunção Cristas, calma aí... mais devagar!...

 

 

Comentários

Comentar post