Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

russomanias

russomanias

Eu sou livre de escolher um Maserati... mas pago-o!...

Sinceramente, já estou a ficar mesmo farto dessa história em torno das escolas, desculpem, dos chamadas colégios privados, que dito desta forma fica muito mais chique. Sem margem para dúvidas que tem que haver muito dinheiro envolvido nesse excelente "negócio", só assim se explicando a autêntica "guerra" que as nossas queridas televisões, com todo o cuidado e empenho, se têm comprazido em divulgar e em empolar vergonhosa e desmesuradamente. Naturalmente que assim tem sido porque forças poderosas que sempre têm condicionado o país, na sombra, não vão largar assim de pé para a mão o saboroso "osso" de centenas de milhões que lhes foi escandalosamente dado, e à custa do contribuinte comum, por Nuno Crato, esse inimigo declarado da escola pública e ferveroso "amigo" dos protegidos de Passos Coelho, Paulo Portas e, agora, Assunção Cristas. Por isso, não é nada de admirar que aqueles que não se cansam de aspirar a viver e a comportar-se como a corrompida "elite" deste país, sempre que possível à custa das "tetas" do Estado, venham agora para a rua protestar contra o fim dos subsídios a determinados "colégios" quando, mesmo ao lado, porta com porta, existe uma escola pública disponível para todos.

 

Claro que não se trata aqui de impedir, de todo, a liberdade de ensino. O Estado garante a todos o acesso ao ensino, nas escolas públicas ou nas escolas privadas, nos locais onde não haja escola pública. Era só o que nos faltava que assim não fosse. Agora, não queiram é optar declaradamente pelos ditos e chiques "colégios" mesmo com escolas públicas ao lado... e mandar a respectiva conta para os "tótós" dos país com filhos na escola pública. Isto seria muito parecido como eu decidir comprar um carrão de luxo e, no final, mandar a respectiva factura para casa dos que se ficam por um carro simples e utilitário.

 

Eu sou livre de escolher um Maserati... mas pago-o!...