Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

russomanias

russomanias

Falando a sério

Já por várias vezes me dei a pensar o que acharão os meus amigos leitores dos assuntos e matérias que aqui costumo abordar, que apreciação farão do estilo que emprego nos meus escritos e da forma como me posiciono relativamente à sociedade em que todos labutamos e vivemos. É claro que não posso esperar da parte de todos eles compreensão e concordância com a forma e essência do meu entendimento sobre a vida social e política que caracteriza o nosso país na actualidade, nem muito menos com a subtileza mordaz e brincalhona que quase sempre emprego na abordagem de temas respeitaveis como a actuação de instituiçõesgovernos e políticos das mais variadíssimas escolas. O que sei, isso sim, é que alguns entenderão que não passo de um ressabiado qualquer que em vez de me afazer à vida para espremer dela, contra tudo e contra todos, o rico dinheirinho que garante estatuto e um bom lugar na fotografia, venho para aqui espingardar contra os que muito honestamente souberam "subir" no escalão social.

 

É claro que não me vou dar à trabalheira de responder a tal entendimento, antes continuarei a tentar escrever sobre temas sérios utilizando a picardia com que encaro a vida; apelar à defesa da cidadania num país em que as pessoas são por vezes tratadas como simples coisas; falar de assuntos válidos quando somos empurrados quase todos os dias para a primazia do respeitável futebol sobre as causas do galopante desemprego; denunciar os compadrios, roubalheiras e negociatas num país em que as pessoas pagam impostos ao nível dos países escandinavos e têm direitos próximos do terceiro mundo; defender o futuro quando o país se tem confrontado com forças que o pretendem fazer regressar de novo ao passado. Fazer tudo isto é o que me proponho neste "blog", se possível combatendo a tristeza ocasionada por um momento político complexo com os sempre revigorantes... humor e ironia.