Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

russomanias

russomanias

Que andará a tramar Passos Coelho?...

Ainda não vai há duas semanas que se houviam por este país fóra as mais profundas lamentações e choros de Passos Coelho quanto à forma como Portugal iria a partir de agora ser conduzido, já que as certezas eram mais que muitas quanto à, no seu entender, total incapacidade das hostes das "esquerdas" para dar continuidade ao seu anterior excelente trabalho e garantir que, além de tudo o mais, continuariamos a seguir no caminho da estabilidade, saneamento económico-financeiro e aposta nas empresas e nas exportações. As mágoas e lamúrias eram tantas que não faltaram até juras de recusas futuras de o PSD deitar a mão ao PS quando este viesse a precisar dos seus anteriores amigos das "direitas" para se recompor das mais que previsíveis "traições" dos "amigalhaços" do momento, ocasiões que não tardariam certamente a chegar dadas as mais que certas e inevitáveis inconstâncias de tão desnaturado "casamento". E com esta continuada e assustadiça cantilena andou Passos Coelho dias e dias a ameaçar o actual governo, em Portugal e no estrangeiro, até que há poucos dias atrás finalmente se calou.

 

Sim, Passos Coelho parou, por agora, de disparar e metralhar contra tudo que venha do lado do actual governo e dos seus "compagnons de route" das "esquerdas extremistas", deixou-se de lamentações e passou a assumir que se manterá na "oposição" de uma forma "responsável" e, veja-se até, recomendou "moderação" aos seus amigos do PPE - Partido Popular Europeu relativamente às opiniões que possam manifestar quanto ao PS e aos seus amigos "extremistas". Segundo o próprio Passos Coelho, "O PPE reagiu com moderação, como, de resto, eu solicitei que fizessem. Não há nenhuma razão para que o PPE tenha, sobre matérias que respeitam à soberania portuguesa, nenhuma intervenção particular". Vejam só, quanta bondade democrática e sentido de Estado por parte do mais autoritário, conservador e extremista primeiro ministro que Portugal teve após 41 anos de democracia!...

 

Que andará a tramar Passos Coelho?...