Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

russomanias

russomanias

Social-democracia sempre

braganca-careto.jpg

 

Ora aqui está um muito bom tema de Carnaval este de se saber se a social-democracia de Passos Coelho foi, é ou será para "sempre". Sendo a social-democracia uma ideologia que defende o papel do Estado como principal promotor da justiça social dentro do sistema capitalista e uma política de bem-estar social, controlo da economia com vista à defesa do interesse geral da população e uma distribuição de rendimentos mais igualitária, é, por conseguinte, considerada uma ideologia política de centro-esquerda, por sinal surgida em finais do século XIX, cujos partidários acreditavam que a transição para o socialismo deveria fazer-se não através de uma revolução, mas antes mediante uma continuada reforma legislativa do capitalismo, a fim de o tornar mais justo e igualitário. A matriz político interventiva da social-democracia teve aqui os seus fundamentos, e foi a partir daqui que se estabeleceu em Portugal pelas mãos do então PPD de Sá Carneiro, agora transmudado no PSD de Passos Coelho.

 

E a pergunta carnavalesca de um milhão de dólares traduz-se em saber se o actual PSD de Passos Coelho é, para "sempre", um partido político social-democrata. Será? Se o foi no passado ou o virá a ser no futuro temos todos muitas dúvidas. A única certeza que temos é que não o é no presente. Será social-democratajusto e igualitário um partido que mandou cortar nas pensões dos trabalhadores, encerrou escolas e tribunais, centros de saúde e hospitais? Será social-democrata um partido que encetou políticas de empobrecimento para a grande maioria da população enquanto que, simultaneamente, disponibilizava milhares de milhões de euros para salvar os bancos?

 

Passos Coelho pode bem até ser um pantomineiro "careto" transmontano... mas social-democrata é que não é!...