Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

russomanias

russomanias

Todos os caminhos vão dar a... St-Denis!...

Quando era miúdo ouvia várias vezes do meu avô paterno variadíssimos ditados populares, quase sempre minuciosamente encaixados em situações concretas da vida. Assim, quando eu o questionava sobre a forma de chegar a determinado lugar ele rematava... "quem tem boca vai a Roma"!... Por vezes eu perguntava-lhe por qual caminho deveriamos optar e ele logo soltava... "todos os caminhos vão dar a Roma"!... Eu achava-lhe imensa graça e, com o tempo, fui percebendo que tais ditos populares não eram outra coisa senão a experiência da vida traduzida de forma simples e expressiva pelo povo, e percebi também que lhes deveriamos dar a máxima atenção já que não deixam de ter a sua utilidade. Ainda hoje, quando chego a uma recôndita terreóla qualquer e pretendo saber, se não o souber, onde fica uma empresa, um restaurante, um museu ou outra coisa parecida, não tenho problema algum e pergunto a quem passar por perto, enquanto que quem me acompanha por vezes fica muito admirado ou até perplexo com a minha postura. Mas eu não me importo... já que estou mesmo convencido que o meu saudoso avô é quem tinha razão.

 

Mas o que me fez hoje vir aqui foi o tratar de saber se a nossa Selecção de Futebol, tendo jogado ultimamente tão mal e sem qualquer tipo de direcção ou de identidade própria, tem ou não efectivamente condições de chegar à final do Europeu 2016, em St-Denis, França, no próximo dia 10 de Julho. Não tem jogado nada bem sim, mas tem obtido resultados que lhe têm permitido seguir em frente, não tem sido fulgurante nem tem apresentado um futebol bonito de se ver, mas demonstra agora que apesar disso tudo tem uma alma, estabalhoada embora, mas tem uma alma e procura afincadamente um caminho que lhe permita chegar a "Roma", desculpem, a St-Denis, no próximo dia 10 de Julho. E isso é bom, porque talvez não seja o "caminho" de que mais gostariamos, talvez não seja o "caminho" belo e fulgurante que por vezes nos habituamos a ver e que nos tem de quando em quando feito sonhar, mas é o "caminho" que calhou de ser o seu, e isso é o mais importante, porque se é este o "caminho" que mais lhe serve, pode muito bem inesperadamente chegar no dia 10 a "Roma", desculpem, ao Stade de France, em St-Denis.