Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

russomanias

russomanias

4 de Outubro

Sua Excelência o Senhor Presidente da República desenvecilhou-se esta semana de mais uma difícil e espinhosa tarefa, quiçá a mais complicada que lhe foi atribuída neste seu último (ufa!...) mandato: decidir, de uma vez por todas, qual a data das próximas eleições, se 27 de Setembro ou 4 de Outubro. Desde que o Presidente descobriu que 19 menos 1 dá 18, o país tem ficado diariamente em suspenso perante tanta clarividência e sagacidade, não se coibindo de esperar o tempo que for necessário para sorver mais um laivo, por pequenino que seja, de tanta e tão profunda ponderação, conhecimento e colecção de solenes "avisos", que vão desde os ilimitados recursos do nosso imenso e glorioso "mar" até às necessárias e sempre proveitosas "maiorias" legislativas, esse "must" que mais uma vez nos quis lembrar, qual sal da terra miraculoso e salvador.

 

Depois de tudo devidamente ponderado e pensado ao pormenor, sem esquecer o facto de equacionar qualquer implicação profunda ou potencial na sua magra reforma, o Senhor Presidente da República lá informou o país que, passados que foram dias e dias de insónias e alguns mesmo mal dormidos, lá havia decido que a melhor data seria a do próximo dia 4 de Outubro, facto que deixou os portugueses com espasmos de incontida admiração e perplexidade perante mais uma portentosa prova de eficácia e liderança, digna do mais arrojado e precavido timoneiro.

 

Mas a mais clarividente jogada do nosso Presidente foram os "alertas" e "avisos" demorados sobre a imperiosa necessidade de das próximas eleições sair uma clara maioria governativa, facto sem o qual o país cairá num pantanoso caos. Não mencionando as respectivas siglas, é certo, o Presidente deixou claro que só com maiorias mareadas e cozinhadas na já centenária fórmula PSD/CDS/PS será possível ao país sair do lodaçal em que estes precisos partidos o colocaram. A criatividade e inovação do nosso Presidente foi agora esta... segundo ele, quem nos assaltou hoje a casa será amanhã o nosso único e confiável salvador!...

 

Os judeus têm o seu Messias e os cristãos têm Jesus Cristo. Os portugueses, esses têm... Cavaco Silva!...

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.