Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

russomanias

russomanias

Dicionário de Política para Tótós - de A a Z

BLOCO DE ESQUERDA - Formação política portuguesa contituída por elementos da UDP (marxista), PSR (trotskista), Política XXI (ex-militantes do PCP e do MDP) e outros elementos de pequenas organizações. Inicialmente auto intitulando-se como verdadeira alternativa de esquerda ao PS e ao PCP, depressa se verificou que tudo não passou de pura ilusão, à medida que resultados eleitorais menos bons fecharam portas à ascensão  de mais rapaziada à Assembleia da República e ao Parlamento Europeu. Dançando timidamente entre um PS virado à direita e constantemente ávido de poder e um PCP firme e irredutível na defesa do seu espaço político, duramente conquistado por dezenas de anos de luta antifascista e pós 25 de Abril, o Bloco de Esquerda, sem outro elo de unidade que não seja a sua fidagal aversão ao PCP, depressa se esboroou e se evidenciou ainda mais no que sempre foi e continua hoje a ser... um grande saco de gatos!...

 

Sendo o Bloco de Esquerda, por conseguinte, um partido constituído por grupos, grupinhos e quase-grupos, que nunca deixaram de se comportar como tal, que nunca se entenderam, mesmo depois da sua integração no Bloco, não se entendem hoje nem, pelos vistos, jamais se entenderão, que esperar de tal organização com vista a constituir uma alternativa de esquerda aos sucessivos governos que desmantelaram o país e o lançaram na mais dura austeridade e miséria? Obviamente que não é possível esperar nada de coisa nenhuma e o futuro do Bloco de Esquerda é muito pequenininho... merecendo pouquíssima credibilidade.

 

Um Bloco totalmente desbloqueado, uma Esquerda que mais parede um saco de gatos... só pode mesmo dar uma grande confusão!...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.