Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

russomanias

russomanias

Muito orgulho!...

É claro que a grande maioria dos portugueses não poderia estar mais orgulhosa da nossa Selecção de Futebol. Ganhamos finalmente o Euro 2016, carago!... São as bandeiras de Portugal nas janelas e nos carros, são as bocas foleiras contra alguns dos "teóricos" franceses que já davam como certa e indiscutível a vitória contra Portugal e o Euro no papo. Enfim, é todo o levantamento de uma nobre nação rejubilando pelo nosso grande feito futebolistíco e desportivo. Toda a gente ficou feliz e cá em casa alguém até me disse que já há muito tempo que não me via tão exaltado e a saltar e a gritar de contente. E foi verdade, só que os meus motivos de grande alegria e forte orgulho talvez não sejam os da maioria dos portugueses, penso eu, mas sobre isso não tenho bem a certeza. O que me fez saltar a tampa e gritar bem alto com a vitória de Portugal foi uma mistura de muita coisa, foi pela espectacular conquista desportiva do nosso país, é certo, mas o forte sentimento que me atirou para as alturas foi muito mas muito bem mais profundo.

 

Com o fusilamento certeiro do Éder eu senti com toda a força a resposta afirmativa de todo um povo às humilhações e afrontas que toda uma nação tem sofrido às mãos dos tirânicos e poderosos manda-chuvas da velha Europa, senti o quanto é mesmo verdade possível construirmos um país diferente e ganhador, despojado dos conhecidos vendilhões e traidores que dentro e fóra manipulam as nossas vidas, a nossa frágil economia, o nosso corrupto sistema financeiro, em seu exclusivo benefício pessoal e em detrimento deste pequeno mas orgulhoso país. Com a vitória de Portugal sobre a França eu senti o extravazar de orgulho dos nossos emigrantes, a sua sede de gritar bem alto: eis aqui, finalmente, o "petit portugais" que vocês por vezes tanto enxovalham e que esta é a sua vez de levar o famoso "caneco" para casa; e vi também o rosto provocador e sorridente do criminoso Blatter a gozar com o nosso Ronaldo, e logo com o seu povo, e de seguida o seu ar de espanto e incredulidade quando o mundialmente famoso capitão de Portugal levantou a Taça do Euro 2016 e a mostrou bem alto a centenas de milhões de pessoas em todo o mundo. 

 

Sinto muito orgulho de ser português, pelo extraordinário desempenho da nossa Selecção de Futebol, mas também pelas muitas respostas que demos aos que duvidaram, e porventura ainda duvidam, das nossas comprovadas capacidades para contribuir para um mundo mais equilibrado e justo... em que os pequenos também deverão ser tratados como gente!...

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.