Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

russomanias

russomanias

Um homem de sucesso

Alexandre era um verdadeiro homem de sucesso, daquele sucesso que logo dava nas vistas, que se queria verdadeiramente mostrar, que fazia questão que todos, mas todos, soubessem que tinha com a vida uma relação de constante satisfação e de verdadeiro poder. Alexandre era, de facto, um homem extraordinário. Não havia empresa sua que não singrasse em toda a linha e não apresentasse números verdadeiramente reveladores de um conhecimento de gestão surpreendente. As suas capacidades iam, contudo, muito mas muito mais além das de um qualquer simples administrador do deve e haver que fazem o monótono dia-a-dia de qualquer empresa. Ele era, igualmente, um extraordinário manobrador de homens e mulheres e a sua arte, a sua verdadeira arte, estaria certamente em fazer com que todos eles trabalhassem abnegadamente para o avolumar cada vez mais do seu já vasto império. Se os inúmeros investimentos a fundo perdido a que sempre candidatara as suas empresas estivessem algo demorados ou tremidos, um simples telefonema e um posterior "agradecimento" monetário à pessoa certa do partido no poder poriam de imediato fim à demora. O mesmo se diga em tudo que respeitasse a inesperados imbróglios com a Segurança Social ou o Fisco, problemas de somenos importância para Alexandre pois que, para isso, muito investira já, com quem de direito, em solenes reuniões de compasso e avental com o fim de protelar as dívidas até à sua prescrição total.

 

Mas este breve e pequeníssimo retrato de Alexandre ficaria incompleto se não relevassemos igualmente aquí as suas mais que numerosas dádivas e contribuições para com os mais necessitados da sociedade, nomeadamente para com todos aqueles que se afundaram com a crise e tiveram que se socorrer na quase sempre reconfortante "sopa dos pobres" por si várias vezes financiada, muito solenemente aliás, convem sempre dizê-lo. É claro que terem descoberto inesperadamente agora que fez transferir, durante anos, para várias contas "offshore" no Panamá, vários milhões de euros que subrepticiamente subtraiu às suas várias empresas e ao Fisco, em nada o faz desmerecer na sua reconhecida versatilidade de homem capaz, bom e de... sucesso!...

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.